Postagens

Mostrando postagens de 2013

Como é difícil ser mãe...

Imagem
Tem momentos em que paro pra pensar e percebo o quanto é difícil ser mãe. Principalmente nos dias de hoje, onde estamos (por necessidade) cada vez mais ausentes do dia a dia deles. Como é difícil ser responsável pelo o que eles comem, com quem eles andam, o que eles falam, o que eles vestem, o que lê, o que fazem...tudo...tudo...tudo...

E se algo dá errado?? Se eles ficam doentes?? Se machucam?? Se decepcionam?? São enganados, magoados?? Fazem algo errado?? Como nos sentimos culpadas, por não ter dado “suficiente”,  feito o “suficiente”.

Depois que me tornei mãe foi que percebi que isso não é tarefa para todas. Não basta gerar um filho pra ser mãe...tem que aceitar esse papel com tudo que ele traz....aaaah ... e isso não é fácil. É uma bagagem grande...um pedaço de você se solta e passa andar sozinho...pensar sozinho...é um pedaço de você fora do corpo, que você quer acolher e proteger, contra tudo e contra todos.

Mulheres fracas não aguentam o tranco, fogem, se desesperam. Afinal, v…

Não vivo na fofolândia

Imagem
Vamos combinar assim. Sou mulher e não vivo na terra da fofolândia. Tenho sonhos, desejos e taras e estou cansada que me julguem por uma métrica que não inventei nem conheci.  E meninas “ hellooooo”, não entrem nesse jogo de sexo frágil, vocês bem sabe que estamos longe disso...não façam personagens para agradar machos que acham que veio a mundo para nos salvar.
Odeio homens que sentem ameaçados por que a mulher entende de futebol ou de cerveja...fala sério!!! 
Nem todas sobrevivem de sucos e água de coco...
Existem vários tipos de mulheres, talvez até algumas vivam realmente na fofolândia,  e se é feliz assim que mal tem. O problema é nivelar todas na mesma régua, assim não dá. Mulher de verdade não tem medo de ser quem é, nem de mostrar isso. Que seja fofa ou não. Fazer tipo é fraqueza...então que fique bem claro...
Gostamos de cerveja, adoramos vê futebol (de preferência no campo), falamos palavrão (puta merda esse tenho que maneirar), não temos vergonha de falar de sexo, de dize…